Postagens

Mostrando postagens de 2017

Engenho Duas Unas

Imagem
Por James Davidson



Localizado em Jaboatão Centro, no bairro de Santo Aleixo, às margens da Estrada da Luz, o Engenho Duas Unas é o principal marco histórico da região. Sua denominação vem do Rio Duas Unas, que atravessa a localidade. O engenho chegou a funcionar como usina e a possuir até duas casas-grandes.

Levantado no final do século XVIII, em terras separadas do Engenho Goiabeira, Duas Unas aparece nas referências ora como Sítio, Propriedade ou Engenho, variando de acordo com a época. Em meados do século XIX pertencia a Amaro Pinheiro Bezerra da Palma que vende o engenho a João Hypólito de Meira Lima, em 13 de agosto de 1857. Em 1870 pertencia a João Theotônio da Cunha.

No final do século XIX e início do século XX parte de suas terras é loteada, dando origem ao "arrabalde" de Duas Unas. Situado às margens da Estrada da Luz, foi o embrião do atual bairro de Santo Aleixo. Nos idos de 1910, chegou a existir no local uma sementeira de eucaliptos, que eram vendidos para várias…

A Exposição "A Patria nasceu Aqui"

Imagem
Por James Davidson

A exposição continua no Shopping Guararapes. Segue as imagens:








História do Bairro de Vila Rica

Imagem
Por James Davidson


O bairro da Vila Rica é um dos mais importantes e populosos de Jaboatão dos Guararapes. Localizado na antiga sede do município, fica a sudeste do Centro de Jaboatão, às margens do Rio Jaboatão. Inclui várias comunidades e localidades diferentes como Boa Esperança, Alto Santo Antônio, Cohab 1, 2 e 3, Jardim Belo Horizonte, entre outros.

O nome Vila Rica vem do antigo Engenho Rico. Pertencente ao sr. Nô Cahu (Antônio Caú) que vende a propriedade no início do século XX e adquire um sítio nas proximidades de Jaboatão, outrora pertencente a Usina Bulhões, dando-lhe o nome de Vila Rica. Daí vem o nome do bairro surgido em terras de sua propriedade. A casa da família Caú ainda existe na localidade, próxima à COHAB 1.

Outra propriedade existente na localidade era o denominado Engenho Santo Antônio. Tratava-se na verdade de um sítio de criação de gado, pertencente ao Dr. Félix de Lira. Na residencia moraria uma das figuras mais ilustres de Jaboatão, o teatrólogo Irapuan Caet…

Obrigado a todos que fizeram a exposição

Imagem
Por James Davidson


A Exposição 'A Pátria Nasceu Aqui' no Shopping Guararapes inicialmente iria se estender do dia 4 de maio até 4 de junho de 2017. Todavia, devido ao sucesso do evento a administração do Shopping Guararapes decidiu prorrogar a exposição até o dia 30 de junho. Novamente a exposição foi prorrogada, desta vez por tempo indeterminado, sem porém a presença das peças cedidas pelo Instituto Histórico e das monitoras que acompanhavam os visitantes. Assim, o espaço continua aberto aos visitantes que podem ainda circular pela sala e fazer a leitura dos painéis e das imagens, cujos textos, é bom frisar, são de minha autoria, como curador da exposição. Quero agradecer à direção do Shopping Guararapes pelo apoio e reconhecimento do trabalho e à Fundação Joaquim Nabuco pela cessão das imagens, ao Museu Militar do Forte do Brum, pelo empréstimo dos manequins, bem como à Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes na pessoa do prefeito Anderson Ferreira por ter prestigiado o evento…

Ruínas do Livramento da Muribeca

Imagem
Por James Davidson


O Povoado de Muribeca é um verdadeiro celeiro da História de Jaboatão, com seus prédios históricos e casarios. Suas igrejas, engenhos e casarios ajudam a contar a história de Jaboatão e de Pernambuco. E um destes patrimônios existentes no lugar são as ruínas da Igreja dos Homens Pardos de Muribeca.


As ruínas da Igreja do Livramento dos Homens Pardos ficam localizadas na Rua do Rosário, defronte a um posto de saúde, próximo às Ruínas do Rosário dos Homens Pretos. Restam apenas uma única parede com seteiras, com alvenaria mista de pedras e tijolos, que chama a atenção na localidade.

A história do templo é porém muito antiga. Remonta ainda ao período colonial. A primeira referência vem do período holandês, quando a igreja era devotada a São Gonçalo. Posteriormente, no século XVIII, passou a ser identificada como devotada a N.S do Livramento, padroeira dos Homens Pardos.

As irmandades dos homens Pardos eram agremiações religiosas muito comuns na sociedade colonial. Eram…

A Antiga Prefeitura de Jaboatão

Imagem
Por James Davidson


O município do Jaboatão foi criado em 24 de maio de 1873, por força da leu provincial n° 1093 de 24/05/1873. Teve seu desmembrado do município do Recife, ao qual fazia parte até então. Todavia, ao ser criado o município, foi criada apenas o "Conselho Municipal", antecedente da Câmara de vereadores. Pela legislação da época era preciso uma outra lei específica para o município passar a ter uma prefeitura.

Somente em 27 de junho de 1884 é que Jaboatão passou a ter uma prefeitura municipal, por força da lei provincial n° 1.811 de 27 de junho de 1884. Todavia, apesar da lei, Jaboatão só veio a ter seu primeiro prefeito 1892 - Dr. Nobre de Lacerda. Não dispondo ainda de sede própria, passou a funcionar numa casa alugada na Rua Barão de Morenos (atual Bernardo Vieira de Melo, por detrás da Quadra Municipal) que depois veio a ser adquirida pela municipalidade.
Como era uma simples casa, porém, a primeira prefeitura do Jaboatão não dispunha das condições adequadas…

Exposição 'A Pátria Nasceu Aqui' no Shopping Guararapes

Imagem
Por James Davidson


Venho convidar aos leitores do Blogger Jaboatão Redescoberto a visitarem a Exposição A Pátria Nasceu Aqui, no Shopping Guararapes. O evento tem como tema a história do município do Jaboatão dos Guararapes e conta com imagens temáticas da cidade e peças do Instituto Histórico de Jaboatão. A exposição inicia hoje, 4 de maio, aniversário de 424 anos do município, e vai até o dia 4 de junho de 2017. O evento organizado pelo Shopping Guararapes em parceria com a Fundaj, com o Instituto Histórico do Jaboatão e a prefeitura municipal do Jaboatão dos Guararapes. Curadoria de James Davidson.








O Túnel do Engenho Suassuna

Imagem
Por James Davidson


Tivemos notícia em 2011 da existência de um possível túnel em terras da Usina Jaboatão, antigo Engenho Suassuna. Junto com o colaborador e amigo Alexandre Roseno, partimos para a localidade a fim de encontrar mais informações e, se possível, identificar o possível túnel. Após entrevista com o sr. Otacílio (ex-condutor de máquinas da usina) pudemos confirmar a existência do referido túnel, mas a primeira tentativa de localizá-lo foi bastante frustrada, após uma longa tarde sob o sol e com várias pessoas ajudando a retirar os matos. Semanas mais tarde recebemos a informação de um morador que conhecia o local exato e, de posse das ferramentas, pudemos finalmente localizá-lo. Tratava-se de uma pequena abertura de um pouco mais de um metro, construída em alvenaria de tijolos, formando um arco pleno, situada numa encosta abaixo de uma antiga estrada. Feita a limpeza do terreno na boca do mesmo, adentramos na estrutura, imersos na curiosidade natural de quem acaba de descobr…