terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Os piores prefeitos que Jaboatão já teve

Por James Davidson

A cidade de Jaboatão terá em janeiro de 2009 uma nova administração que torcemos para que seja diferente das que temos tido até agora. O novo prefeito Elias Gomes terá inúmeros desafios pela frente, entre estes o de recuperar uma cidade arrasada e destruída, não por guerras ou catástrofes naturais, mas pela corrupção e descaso dos políticos. Por isso, estamos pedindo a Deus que abençoe nossa cidade e que esse quadro terrível de abandono seja mudado com a nova administração.

Em face dos ultimos escândalos, decidi fazer um resgate histórico de alguns dos piores prefeitos que Jaboatão já teve:

Aníbal Varejão (1955-1959)- Agressivo e autoritário, foi o responsável pela demolição do Antigo Paço Municipal, belo prédio da prefeitura com linhas sóbrias e erguido em 1923. Construiu o horroroso prédio da prefeitura em Jaboatão Centro e cortou as árvores da Praça Dantas Barreto, inclusive um pau-brasil! Foi muito criticado pela imprensa da época por ter mudado de local várias vezes a administração municipal. Acabou renunciando três meses antes da conclusão do mandato, assumindo o vice: Vicente Carício.
Sua impopularidade chegou ao auge em 1959, após ter assassinado o Dr Luiz Regueira da Cunha, juiz da comarca, em pleno Palácio da Justiça! Sua casa foi incendiada pela população revoltada com o fato e por isso perdeu a eleição que disputou em 1968.

Fagundes de Menezes - Único prefeito a governar o município três vezes, sofreu intervenções em todas elas, sendo substituído por interventores. Em 1969 não pôde exercer o cargo por força do AI5 (Ditadura militar). Em 1982, volta à prefeitura e é impedido dois anos depois pelo governador Roberto Magalhães. É eleito outra vez e novamente sofre intervenção em 1988 por ordem do governador Miguel Arraes. Além dos motivos políticos, as intervenções ocorreram também por causa do abandono em que a cidade se encontrava em seus mandatos.

Fernando Rodovalho (2000-2004) - Vice de Newton Carneiro, assumiu após a deposição deste em 1999. Trocou as lâmpadas da cidade e conseguiu por isso vencer as eleições do ano 2000. Depois fez uma administração inexpressiva e chegou a ser investigado pela Polícia Federal por várias suspeitas de irregularidades. Chegou a afirmar que os ataques de tubarão não eram um problema e que não havia perigo para os banhistas. Sua administração foi tão apagada que na última eleição, quando concorria para vereador, teve apenas pouco mais de 300 votos na cidade em que já tinha sido prefeito!

Newton Carneiro(1997-1999, 2005-2008) - Eleito duas vezes por causa da imagem de "bom velhinho" e de "vítima", foi o responsável pelos últimos 12 anos de descaso, abandono e retrocesso na cidade de Jaboatão. Em seu primeiro mandato, o descaso chegou a ser tão grande que nem o lixo estava sendo recolhido e a população protestou colocando lixo na prefeitura! As ruas cheias de lixo foram motivo de chacota em nível nacional! As denúncias de corrupção e de desvio de recursos acabaram levando à intervenção no município e à renúncia do prefeito.
Em 2004, ele vence nas urnas com a imagem de "vítima" e de "injustiçado", voltando à prefeitura novamente. Passou a ser acusado por muitos de ser controlado pela própria filha. Não demorou muito e as denúncias de corrupção e os escândalos logo retornaram: projetos superfaturados, obras invisíveis, gastos milionários, a indenização de 960 mil no caso Yapoatam, entre outras denúncias de irregularidades que enchiam os jornais. Quase sofreu uma intervenção no final do mandato com o escândalo da secretaria de saúde. Foi humilhado nas urnas nas últimas eleições e foi o responsável pelo fechamento do Cine Samuel Campelo e da Maternidade Rita Barradas, entre outros desmandos na sua administração (se é que podemos assim chama-la).

Mais sobre os Montes Guararapes

Por James Davidson


Retomando nossas postagens sobre os Montes Guararapes, agora visitamos o Monte do Oitizeiro que, dentre os três que compõem o parque, é o que fica situado no meio. Era nesse monte que estavam situados as tropas holandesas quando foram derrotadas nas famosas batalhas de 1648 e 1649.


No Monte do Oitizeiro fica situado o Mirante do Exército, com uma pequena maquete do local, painéis explicativos e orientações fornecidas pelos militares. A vista do local é belíssima, sendo possível alcançar as praias de Boa Viagem e Piedade, o aeroporto do Recife, os bairros da zona sul da capital, o Jordão, as colinas de Muribeca e a planície litorânea de Jaboatão.


É também nesse monte que é realizado o espetáculo Batalha dos Guararapes e onde ocorrem as festividades comemorativas patrocinadas pelo Exército Brasileiro. O local (Montes Guararapes) é considerado o berço de nossas forças armadas.


O Morro do Telégrafo também é avistado do local, mas o acesso não é permitido. Existem alguns projetos de utilização para este monte que ainda não saíram do papel. Seu nome é por causa de uma antiga torre de telégrafo que existiu no local.


15 anos da cheia de 2005

Por James Davidson Rio Jaboatão Fonte: Climatempo No dia 02 de junho de 2020 completam 15 anos de uma das maiores tragédias que atin...