Postagens

Mostrando postagens de 2010

Engenho Caxito

Imagem
Por James Davidson



O Engenho Caxito é mais um dos muitos antigos engenhos de açúcar de Jaboatão dos Guararapes que ainda conservam alguns dos edifícios típicos (casa-grande, capela, fábrica ou senzala). Situado em Jaboatão Centro, próximo ao limite com o município de Moreno, o engenho é pouco conhecido da maioria dos jaboatonenses, apesar de ser um local bastante interessante.

O Engenho Caxito foi fundado no início do século XIX, no ano de 1827, tendo sido desmembrado do Engenho Bulhões. Seu primeiro proprietário foi Gervásio Pires, possuidor de ambos engenhos citados e que destacou-se por ter sido presidente da Província de Pernambuco. Posteriormente, o engenho passou para as mãos de diversos proprietários. Em 1857 ainda estava em posse da família Pires Ferreira, descendentes de Gervásio Pires, e o engenho funcionava com 45 escravos.


Em 1860 e em 1868, o engenho ainda estava de posse da família Pires Ferreira quando foi arrendado nesses anos a Manoel Xavier Carneiro da Cunha e a Fra…

Ribeira do Jaboatão

Imagem
Por James Davidson


És mais antigo que pensam

E conhecido dos indígenas

Nasces lá no alto

Em terras tão distantes

Formaste uma cidade

Rica e tradicional

Ninguém vê ou acredita

No valor que há em ti

Tuas águas tão barrentas

Não escondem a vida ali.



Das Laranjeiras às Jangadas

Seja ao norte seja ao sul

Um mistério tão profundo

Mais profunda é a distância

Das terras percorridas

E o solo então banhado

Floresce e dá vida

Mas o homem que é ingrato

Te mata e te degrada

Causando grande estrago.



O Goiabeira, o Mussaíba

O Manassú, o Duas Unas

O Palmeiras, o Suassuna

O Muribeca e o Pirapama

Completam tua bacia

Tão rica e oprimida

Por detritos industriais

Que matam e desgraçam

Trazendo grandes danos

Ambientais e sociais.




E o lixão da Muribeca

Com chorume envenenado

Os esgotos não tratados

Dejetos contaminados

Transmitindo verminoses

Por todas tuas margens

Teu leito assoreado

Pela má ocupação

E o lixo despejado

Que causa inundação.



Assim é o Jaboatão

Tão sofrido e oprimido

Tão feio e tão bonito

Mas…

Bandeira do Jaboatão dos Guararapes

Imagem
Por James Davidson



A bandeira de Jaboatão dos Guararapes, assim como o hino municipal, é um dos símbolos mais importantes de um município. Assim, é importante conhecermos um pouco de sua história e significação.
A bandeira do município foi criada pela lei municipal n° 87 de 6 de 11 de 1952 na época do prefeito Humberto Barradas. Foi feita com base nos estudos de Mário Melo, membro do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico de Pernambuco, sob solicitação do prefeito Francisco Brandão Cavalcanti,em 1926.
A bandeira tem o seguinte significado:
A - No ângulo superior esquerdo o escudo d'armas do município B - Na parte inferior esquerda, uma faixa verde com forma de um triângulo retângulo cujo ângulo reto é o mesmo da bandeira de hipotenusa ondulada e com o ângulo agudo superior, tendo o vértice truncado, representando os canaviais e a exuberância da natureza. C - Na parte superior direita, uma faixa azul com a forma de triângulo, cujo ângulo reto é o próprio da bandeira, de hip…

Escola Técnica de Jaboatão - antes e depois

Imagem
Por James Davidson
Com comentado em postagem anterior, a Escola Técnica de Jaboatão Centro foi reformada neste ano de 2010, fato que trouxe muita alegria e satisfação para os moradores locais. Em 2008 tinhamos feito uma postagem sobre a Escola ainda abandonada, assim como a Maternidade Rita Barradas, e por isso, decidi trazer à memória o estado da escola antes para comparar com dela atualmente. Cheguei a perder estas fotos mas consegui recuperá-las. Espero que o que foi feito com a escola técnica também se cumpra em relação à Maternidade Rita Barradas.
A Escola Técnica antes:





A Escola Técnica agora:




Geologia de Jaboatão dos Guararapes

Imagem
Por James Davidson


O meio físico é um dos mais importantes componentes do espaço geográfico. Clima, solos, vegetação, hidrografia, relevo, entre outros, são aspectos fundamentais para a análise e compreensão de todo e qualquer ecossitema e estão em constante interação com os elementos antrópicos. E um desses aspectos mais relevantes é a geologia de um determinado espaço.


A compreensão da geologia do município de Jaboatão dos Guararapes é bastante pertinente para a análise e planejamento da ocupação do espaço municipal. Os tipos de rochas que predominam nos diversos locais do município influenciam na configuração do relevo, na exploração dos recursos mineriais e até mesmo na utilização dos recursos hídricos. Assim, o desconhecimento destes fatores muitas vezes acaba resultando em problemas ambientais e em riscos para a população.


A geologia de Jaboatão compreende os três tipos de básicos de rochas: ígneas, sedimentares e metamórficas. As rocha ígneas e metamórficas juntas formam o cham…

Escola Técnica de Jaboatão Centro

Imagem
Por James Davidson


Atendendo aos pedidos de muitos leitores do blog, este matéria tem como tema a recém-inaugurada Escola Técnica Estadual de Jaboatão que passou 14 anos abandonada, sendo alvo de muitas promessas políticas e que só agora foi finalmente restaurada. A história da escola técnica está muito ligada á história das ferrovias e, consequentemente, a história de Jaboatão.


A Escola Técnica e Profissional de Jaboatão surgiu ainda na época da Great Western, em 1941, quando a empresa era administrada pelo engenheiro Manoel de Azevedo Leão que percebeu a necessidade de qualificação profissional para os operários das ferrovias. Por sediar as Oficinas de reparos e consertos de trens e as Vilas Operárias, Jaboatão foi escolhido para a implantação de uma escola de educação básica (Escola Souza Brandão) e uma de formação profissional. A escola foi inaugurada com o nome de Escola Profissional Ferroviária Benvenuto Lubambo, possuindo inicialmente 69 alunos e funcionando em parceria com o S…

Pontos extremos do Município de Jaboatão dos Guararapes

Imagem
Por James Davidson
O município de Jaboatão dos Guararapes possui os seguintes pontos extremos: Extremo Leste: Praia de Piedade em frente ao Hospital da Aeronáutica. Extremo Oeste: Serra da Macambira, entre os engenhos Macujé e Caraúna. Extremo Norte: Encontro do Riacho Tejipió-Mirim com o Rio Tejipió. Extremo Sul: Encontro dos rios Jaboatão e Pirapama.
Os pontos extremos do município são locais bastante diferentes uns dos outros, revelando assim a diversidade de paisagens existentes dentro do espaço municipal. Vejamos cada um com mais detalhes:

Extremo Leste: Praia de Piedade em frente ao Hospital da Aeronáutica. - Aqui é onde o sol nasce primeiro em Jaboatão dos Guararapes e onde a Praia de Piedade limita-se com a de Boa Viagem. É também onde começa o confuso limite entre Recife e Jaboatão. É um local bonito onde o vento e o oceano completam a harmonia da Praia de Piedade. Destaque para um marco existente em frente à entrada do Hospital que cujo significado não foi possível decifrar pelo …

Os limites de Jaboatão

Imagem
Por James Davidson

O município de Jaboatão dos Guararapes, situado na Região Metropolitana do Recife, estado de Pernambuco, possui os seguintes limites: Leste: Oceano Atlântico Norte: Recife e São Lourenço da Mata Oeste: Moreno Sul: Cabo de Santo Agostinho
Limite com o Oceano Atlântico: Segue a partir do limite com o Recife próximo ao Hospital da Aeronáutica na Praia de Piedade pelo litoral até a Foz do Rio Jaboatão. Limite com o município do Recife: Segue do marco na Praia de Piedade que delimita o limite com o Recife por uma reta até o Rio Jordão, sobe por este até o centro da terceira lagoa, daí por uma reta para a chamada segunda lagoa, daí por outra reta até a primeira lagoa, segue deste ponto até a Cacimba do Urubú, daí para o Centro do Barranco Branco, daí por uma reta até o ponto mais próximo do Rio Tejipió, sobe por este até a foz do Riacho Tejipió-Mirim. Limite com o município de São Lourenço da Mata: Segue da foz do Tejipió-Mirim no Rio Tejipió por uma reta até o centro do ant…

Jaboatão sanciona lei de proteção do Patrimônio Cultural

Por James Davidson

A Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes acaba de publicar em seu diário oficial, no dia 27 de maio de 2010, uma ementa que altera e complementa a lei 104/79 de proteção do patrimônio histórico do municipio. A referida foi um projeto de autoria do vereador Professor Hilton, realizada em cooperação com a Coodenadoria de Patrimônio da Secretaria de Cultura e eventos que, entre outras medidas, regula a lei tombamento municipal. Eis o texto da nova lei na íntegra:
LEI N.º 399/2010
EMENTA: REGULAMENTA A LEI MUNICIPAL Nº 104/79 E INSTITUI A CRIAÇÃO DE ÁREAS ESPECIAIS DE PRESERVAÇÃO CULTURAL (AEPC) E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.
O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE JABOATÃO DOS GUARARAPES, no uso das atribuições conferidas pelos incisos IV, V e VII, do art. 65, da Lei Orgânica do Município, faz saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:
Capítulo I – Do Patrimônio Cultural Jaboatonense

Art 1° - A proteção de bens culturais do município de Jaboatão dos Guararapes, desde…

Escola Souza Brandão - Antiga Casa do Barão de Lucena

Imagem
Por James Davidson

A Escola Estadual Souza Brandão, situada na entrada de Jaboatão Centro, no bairro de Engenho Velho, guarda algumas histórias que poucas pessoas conhecem. Instalada num antigo casarão que sofreu algumas modificações e ampliações para abrigar as depedências da escola, o edifício está situado ao lado da Vila dos Ingleses (antiga vila de ferroviários) e próximo ao antigo sítio onde funcionou o Engenho Velho. Mas o casarão destaca-se mesmo por ter sido residência do famoso e ilustríssimo Barão de Lucena.

Henrique Pereira de Lucena nasceu em 1835, em Bom Jardim, formou-se em direito em 1858 pela Faculdade de Direito. Em 1863 foi nomeado Juiz da comarca de Goiana e, em 1869, da Comarca de Teixeira. Casou-se com D. Zília Carneiro Campelo e em seu casamento alforriou à sua custa um escravo. Assumiu a presidência da província de Pernambuco em 1872 realizando várias obras de grande importância para o estado, como a inauguração do Mercado de São José, do Teatro de Santa Isabel …