Mais um crime contra a história de Jaboatão - casarão do Engenho São Bartolomeu foi destruído

Por James Davidson
Foto: Ricardo Fernandes/Diário de Pernambuco


Uma notícia muito triste para todos os amantes da nossa história, leitores do blog, da cidade de Jaboatão dos Guararapes e de todo o Estado de Pernambuco. A casa-grande do Engenho São Bartolomeu, duas vezes tema desse blog, foi abaixo no último domingo dia 11/04. Um verdadeiro crime contra a história de Jaboatão e do Estado de Pernambuco. É com lágrimas nos olhos que nós jaboatonenses nos comovemos e nos revoltamos com este ato de selvageria e de pura barbárie contra nosso patrimônio histórico, tão amado e tão conhecido na comunidade de Comportas!



O Engenho São Bartolomeu, fundado no final do século XVI, é um dos muitos locais históricos e pitorescos da cidade de Jaboatão, destacando-se por ter pertencido ao judeu Fernão do Vale, na época da invasão holandesa, e por nele ter sido criado o Bolo São Bartolomeu pela Dona Rita de Paula Souza Leão, esposa do Coronel Agostinho de Holanda. Um dos locais pitorescos do município e onde a comunidade mais estava envolvida com a história e com a preservação do patrimônio vem abaixo simplesmente pelo medo do tombamento de seu proprietário.



A história dessa calamidade começa no início de abril, quando a Secretaria de Cultura enviou um ofício ao Prefeito Elias Gomes solicitando o tombamento do bem a nível municipal.  O pedido foi aceito pelo executivo e encaminhado para análise de acordo com as leis vigentes do município, principalmente a lei 104/79 que estabelece as restrições, BENEFÍCIOS e consequências do tombamento a nível local. Isto não impediria o uso do prédio para outras finalidades, apenas guardaria a arquitetura e o entorno do edifício contra as alterações e depredações, contudo a ignorância prevaleceu e, após a notícia ser veiculada na imprensa no mesmo dia, o prédio histórico foi demolido sem dó nem piedade, apesar do lamento da população local diante do fato!


Este fato nos remete ao ano 1928, quando o Engenho Megaype de Baixo, vizinho ao São Bartolomeu, também foi destruído pelos mesmos motivos. Aquela bela casa-grande com estilo senhorial e imponente, construída com pedra sob óleo de baleia, remetia certamente ao século XVI ou XVII, pois suas características arquitetônicas de fato eram semelhantes com as representadas por Frans Post. Intelectuais como Gilberto Freyre e Manuel Bandeira começaram a visitá-la e o edifício caiu no gosto da então Escola de arquitetura do Recife que levava seus alunos para conhecê-la. O Governo do estado demonstrou interesse em tombá-la e, assim que o processo deu início, seu proprietário, o Sr João Siqueira Santos, destruiu o edifício com medo das restrições do tombamento. Até Manuel bandeira lamentou o fato:

"João Lopes de Siqueira Santos, usineiro riquíssimo, atual senhor de Megaípe, acaba de mandar botar abaixo a mais linda das nossas relíquias rurais do século XVII. Pensar-se que o senhor Siqueira Santos pertence a uma velha linhagem de senhores de engenho! (...) O senhor João Lopes de Siqueira Santos não é sensível a estas coisas. Com todas as suas usinas, ele é agora o homem mais pobre de Pernambuco."
        Fonte: www.abi.org.br/primeirapagina.asp?id=2556


Assim, mais uma vez, o fato repete-se e, assim como Manuel Bandeira afirmou, o Sr. Gunther Gulde com todo o seu dinheiro é o homem mais pobre de Pernambuco! Aquela casa-grande não possuía 80 anos como foi informado, mas era uma relíquia de meados do século XIX como demonstra o seu estilo arquitetônico. Mais triste ainda, é que isto aconteceu justamente ali, onde a comunidade era mais envolvida com seu patrimônio histórico através de muitos anos de educação patrimonial conduzida por professores da Escola Augusto de Castro (como a professora Tereza Francisco e Eulina Maciel) e por moradores como o falecido Heleno Veríssimo. Todos os anos a comunidade organizava com recursos próprios a Festa da Manga em torno do casarão do engenho. Resta agora somente a todos nós jaboatonenses lutar para que estes fatos não mais se repitam e que agora os outros prédios históricos e engenhos de Jaboatão venha a ser salvos contra o tempo e as ações criminosas. Que sirva de exemplo para que todos nós, cidadãos e governantes, lutemos em defesa de nosso patrimônio histórico!

Mais informações em:

http://www.diariodepernambuco.com.br/2010/04/14/urbana10_0.asp
http://www.diariodepernambuco.com.br/2010/04/14/urbana10_1.asp
http://jaboataodosguararapes.blogspot.com/2008/06/mais-sobre-o-engenho-sao-bartolomeu.html
http://jaboataodosguararapes.blogspot.com/2007/10/engenho-so-bartolomeu-memrias-nas.html
http://www.jaboatao.pe.gov.br/index.php?opcao=21&id=1901
http://www.fundaj.gov.br/notitia/servlet/newstorm.ns.presentation.NavigationServlet?publicationCode=16&pageCode=299&textCode=12246&date=currentDate
http://www.nordesteweb.com/culinaria/receitas_doces/culinaria_do_010.htm
http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI1359017-EI6614,00.html
http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2010/04/14/um-crime-contra-o-patrimonio-historico/
http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?p=55224277
http://delanocarvalho.com/dholandes.aspx
http://www.overmundo.com.br/guia/o-magnifico-bolo-souza-leao
http://www2.uol.com.br/JC/_1999/2302/cc2302b.htm
http://www.defender.org.br/pernambuco-patrimonios-podem-virar-ruinas/
http://www.diariodepernambuco.com.br/2010/04/19/urbana5_0.asp

Comentários

NOssa... que notícia triste e lamentável... só agora tive tempo de ler por completo. Estou indignado que esse marginal, "proprietário" do engenho tenha destruído um patrimônio que deveria ser de todos! Isso é o maior absurdo que já li em todo o ano de 2010. Eu, sinceramente, espero ver esse destruidor na cadeias por destruir o patrimônio público! James, parabéns pelo seu excelente trabalho e espero poder acompanhar pelo seu blog o resultado de toda essa selvageria.
pedro cavalcanti disse…
não sei nem como começa hoje tive um lindo passeio pela cidade eu cresci e que era muito desconhecida eu nasci em vitória de santo antão mas morei muito tempo em Jaboatao eu nao conhecia muitos dos lugares citado (eu comecei do inicio mesmo ) achei maravilhoso as fotos mas infelizmente moramos em um pais q não sabe preservar seus sitios historio uma lastima por outro lado temos pessoas como o SR continue assim um grande abraço pq assim mato minhas saudades e tbm fico conhecendo a minha linda cidade q me acolheu

Postagens mais visitadas deste blog

A Antiga Prefeitura de Jaboatão

Meu apoio ao Ocupe Estelita!

O Túnel do Engenho Suassuna